Curadoria


NÚCLEO DE PESQUISA E CURADORIA (NPC)



O Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake tem dois objetivos principais. O primeiro é desenvolver e organizar o programa de exposições do Instituto, oferecendo assistência curatorial, pesquisa complementar e apoio às equipes da instituição. O segundo é a realização de projetos de pesquisa de médio e longo prazo, com vistas à publicação, e voltados para ampliar nossa compreensão das áreas de interesse do Instituto, com foco particular na arte contemporânea produzida no Brasil nas últimas seis décadas.

A equipe de curadoria do Instituto Tomie Ohtake tem como curador-chefe Paulo Miyada e é composta pela curadora sênior Priscyla Gomes, pelos curadores assistentes Diego Mauro e Ana Paula Lopes. A pesquisa do Núcleo no campo da arte brasileira começou em 2011, com foco na promoção de artistas nacionais que trabalham em várias áreas artísticas e no incentivo ao debate em torno da arte contemporânea. Com projetos como o Programa Arte Atual, o Núcleo propõe organizar exposições coletivas que mostrem o trabalho de artistas, destacando suas pesquisas mais recentes e criando um espaço onde projetos experimentais podem se tornar realidade e ser compartilhados com um público mais amplo.

 

ENSAIOS DA CURADORIA

Como grande parte dos processos de elaboração das curadorias e desenvolvimento de pesquisas permanece dissociado do público que frequenta nossas exposições e atividades, a equipe do Núcleo de Pesquisa e Curadoria decidiu retomar as atividades dos ENSAIOS DA CURADORIA. A partir da publicação de textos críticos, artigos, entrevistas e registros de processos de pesquisas, esse espaço pretende estabelecer uma plataforma online de diálogo com o público do Instituto Tomie Ohtake, pesquisadores e artistas.

CONFIRA OS ENSAIOS DESENVOLVIDOS: